Arraiá de Maricá leva diferentes atrações para Bambuí, Itaipuaçu e Espraiado

O penúltimo final de semana do Arraiá de Maricá contou uma animada festa entre os dias 21 e 23/06, que passou por Itaipuaçu, Espraiado e Bambuí.  

Pela primeira vez no município, a banda capixaba Comichão agitou o público com uma mistura de ritmos e composições autorais. “É a nossa primeira vez em Maricá, e para nós é um prazer fazer parte desta festa. Passamos três dias nesta cidade maravilhosa, que de cara nos recebeu muito bem, com um público muito animado. Trouxemos um repertório bem eclético para a galera curtir”, afirmou o vocalista Jales Neto. 

De acordo com o também vocalista Vitor Nunes, foi uma grande oportunidade para expandir o alcance do grupo, que já tem 19 anos de estrada. “Esperamos que o público daqui possa conhecer um pouco mais do nosso trabalho, que também conta com composições autorais, estamos nas redes sociais e contamos com um material muito bacana, todo produzido por nós mesmos”, contou. 

Morador de Itaipuaçu desde 2006, Paulo Sérgio (56 anos) aproveitou a festa com a família. “Este tipo de evento traz muita alegria para a comunidade, que pode curtir e brincar com tranquilidade. Maricá cresceu muito neste sentido”, disse Paulo.  

Com o tema: “Com que roupa eu vou, para o São João que você me convidou” a quadrilha profissional Paz e Amor, veio de Cosmos (Rio de Janeiro) trazendo toda a tradição da dança da roça.

“A Paz e Amor tem 48 anos, era da mãe da minha sogra, passou para minha sogra e agora está comigo, com minha esposa e meus filhos. Trazer nossa dança para Maricá é mostrar que a cultura das quadrilhas profissionais nunca vai acabar. Se depender de mim, estaremos aqui muitas outras vezes, trazendo festa, quadrilha e emocionando o público”, destacou o coreógrafo, idealizador e aderecista da Quadrilha Profissional Paz e Amor, Luciano Medeiros Abraão. 

Integrante da quadrilha da Mió Idade, desenvolvida pela Secretaria de Políticas para a Terceira Idade, Selma Rodrigues (65 anos) falou sobre a experiência de se apresentar em diferentes locais.

“Nós ensaiamos bastante e estamos tendo um bom resultado. O público está gostando e na semana que vem ainda tem muito mais. Temos que aproveitar, a terceira idade também gosta e pode se divertir”. 

Para Alessandra Rosa, que é noiva na Quadrilha Profissional Shock do Painho, é um grande prestígio fazer parte do Arraiá de Maricá.

“Este é o nosso segundo ano aqui, a festa é muito boa e para nós é muito importante trazer uma parte da nossa história para cá. A quadrilha Shock do Painho é a mais famosa de Duque de Caxias, somos uma companhia folclórica, onde já passaram mais de mil pessoas. Só eu, estou aqui há 12 anos”, disse Alessandra enquanto aproveitava o show dos ‘Pratas da Casa’ Edinho Manhoso, Betinho Bahia e Ismayer Alves.

Fotos: Katito Carvalho

Maricá Já Play. A sua informação em apenas um click

Deixe uma resposta