Operação Verão: Seop divulga balanço parcial de março

Agentes da Guarda Municipal e do Proeis atuam integrados no patrulhamento e na fiscalização do trânsito em diversos pontos da cidade

A Prefeitura de Maricá prossegue, até o fim de março, com a Operação Verão reforçando o patrulhamento orla e em diversos pontos da cidade nos finais de semana, para promover a segurança, o ordenamento urbano e a fiscalização de trânsito. Ao todo, 123 agentes da Secretaria de Ordem Pública e Gestão de Gabinete Institucional (Seop), da Guarda Municipal e do Programa Estadual de Integração na Segurança (Proeis) atuam integrados com apoio de 13 viaturas.

Nos dois primeiros finais de semana do mês (dias 5, 6, 12 e 13/03), foram realizadas 153 notificações de trânsito, entre carros (68) e motos (85), e apuração e atendimento a 34 chamadas pelo Disk Seop. Os agentes intensificaram as operações de patrulhamento e de fiscalização nas orlas de Ponta Negra, Cordeirinho e Itaipuaçu em dois locais: na Praça da Rua 70 e na Rua Professor Cardoso de Menezes (antiga Rua 1).

“O resultado positivo vem de um grande esforço da equipe, trabalhando desde setembro na Operação Verão. Nós não tivemos registro ocorrências graves, ou seja, nem mortes, roubos ou sequestros, em toda a extensão da nossa orla, o que demonstra efetividade no planejamento, calcado na estatística do Instituto de Segurança Pública, que acompanha a mancha criminal. As pessoas estão se sentindo confortáveis em frequentar a nossa orla, de dia e à noite”, disse o secretário de Ordem Pública e Gestão de Gabinete Institucional, Rhonaltt Bueno.

Motoristas que desrespeitaram leis do trânsito foram notificados

Dos 153 veículos notificados, cinco foram removidos para o depósito. Entre as infrações registradas, as mais cometidas foram: não utilização de capacete, estacionamento na contramão da direção, condução de veículo sem a devida licença, realização de conversão em local proibido pela sinalização e estacionamento a menos de cinco metros da esquina. Além disso, os agentes atenderam 34 chamadas recebidas pelos Disk Seop, referentes a trânsito (16), informações (9), meio ambiente (4), denúncia (3) e boletim de ocorrência policial militar (2).

O secretário de Ordem Pública e Gestão de Gabinete Institucional explicou que as notificações e remoções realizadas foram pelo desrespeito às leis de trânsito, principalmente em casos de veículos sem placas e pela falta de capacete, item essencial para a segurança no trânsito.

“A gente está zelando pela vida dessas pessoas, evitando acidentes e reduzindo, indiretamente, o impacto na ocupação de leitos nos nossos hospitais”, avaliou Rhonaltt Bueno.

Em Inoã, guardas municipais se dedicaram a proteger e auxiliar os moradores na travessia da RJ-106.  Ações preventivas também foram realizadas na orla das Amendoeiras (São José do Imbassaí), no campo do Spar e nas principais áreas bancárias e comerciais da cidade.

Deixe uma resposta